SHAPE

5 dicas para escolher o colchão ideal

Dormir bem é fundamental. Saiba como comprar um modelo que garanta seu sono

por Redação SHAPE, em 18/06/2010

Não adianta entrar em uma loja e escolher um modelo pela beleza ou preço. Esta compra é fundamental não apenas para garantir que acordará sem dores no corpo, mas também para não engordar.

Quem dorme pouco sente mais fome e deseja alimentos mais calóricos, devido a redução da leptina (substância que controla a saciedade) e aumento da grelina (estimulante da fome).

Portanto, fique de olho nas dicas do gerente comercial da Sleep Comfort, Luiz Castro, que indica o que você deve observar antes de levar um colchão para casa.

Mulher dormindo

Foto: Thinkstock

> Experimentá-lo é fundamental. Na loja não tenha vergonha de deitar, isso é importante para ver se o seu corpo se adapta. Teste todas as posições que você costuma ficar na hora do sono;

> O colchão não deve ser muito duro, pois você terá dificuldades de relaxar. Além disso, ele pressiona a pele e os músculos, o que atrapalha o funcionamento correto da circulação sanguínea. Você pode ter câimbras e formigamentos durante a noite;

> Ele também não pode ser muito mole. O que parece confortável no começo pode causar dores depois, pois não há sustentação suficiente da espuma e das molas para os músculos, e assim eles podem se distender ou comprimir demais;

> O tamanho é muito importante nesse caso. Seu corpo deve caber por inteiro naquele espaço. Nada de pés para fora!

> Quem já tem dores nas costas deve escolher os modelos com espuma de látex, viscoelástica ou de alta resiliência. Elas moldam melhor o corpo e são mais confortáveis;

> Confira se o modelo escolhido tem o selo de qualidade Pró-Espuma, dado pelo Instituto Nacional de Estudos do Repouso, que garante a qualidade do produto;

Receba o conteúdo da SHAPE em seu e-mail e fique por dentro de todas as novidades!

Enviar