Boxe para mulheres?

Sim! A prática do esporte, além de queimar calorias, ajuda a dar agilidade e libera o estresse

por Redação SHAPE
06/05/2011

Fazer boxe está na moda – as atrizes Giselle Itié, Fernanda Paes Leme e Fernanda Souza que o digam. Adeptas da modalidade, as belas sobem no ringue com frequência para manter a forma. Nas academias, as aulas também estão lotadas de mulheres que querem emagrecer e acabar com as tensões do dia a dia. E elas mandam ver: dão socos no saco de areia, na pushing ball (pequeno saco que tem a forma de uma pera) e, algumas vezes, até em adversárias – sempre com equipamentos de proteção.

O professor de boxe Fábio Grieco, da academia Reebok Sports Club, em São Paulo, diz que essa tendência prova, de uma vez por todas, que o esporte não tem a ver, necessariamente, com olho roxo e rosto inchado. “A ideia nas aulas é trabalhar os fundamentos básicos do boxe, sem impor o contato físico”, explica.  

Benefícios
É por isso que a prática nas academias tem crescido entre as mulheres. O esporte é um exterminador de gordurinhas (queima cerca de 500 calorias em 1 hora de aula), modela os músculos dos braços, das pernas e do abdômen e ainda é tiro e queda para aliviar as tensões. Além disso, o treinamento ajuda no condicionamento físico, garantindo mais fôlego, e desenvolve a coordenação motora.  Aqui, você descobre quantas calorias consegue gastar em uma hora de aula.

Restrições
Como em toda atividade física, antes de começar, é bom você passar por uma avaliação. Quem tem pressão alta, problemas nas articulações ou alguma lesão muscular, por exemplo, necessita da orientação de um especialista.

Bê-á-bá
Fábio Grieco resume os fundamentos básicos do boxe, que são chamados de princípios pedagógicos da luta. Em todos os movimentos, você precisa alavancar o corpo, fazendo uma rotação do tronco. “É isso que garante eficiência e potência na hora dos golpes”, diz. O professor de boxe, Loya, também da Reebok, ressalta que em todos os golpes é preciso distribuir o peso do corpo nas duas pernas.

 

Jab
É um golpe de preparação. Visa a procurar a distância ideal da adversária ou apenas para driblar, a fim de desviar a atenção da outra lutadora.

mov1

 


 

 

Gancho ou hook
Para acertar a linha da cintura da adversária. A mão vem de baixo para cima, com a intenção de atingir a região do rosto da outra lutadora.

mov4

 


 

Upper
Tem como principal objetivo atingir a ponta do queixo da adversária. É utilizado em curta distância. Parece com o gancho, mas é mais direcionado para cima.

mov3

 


 

Cruzado
Serve para atingir as laterais do rosto da outra lutadora. É necessário fazer a elevação do cotovelo, girar a perna, os quadris e o tronco ao mesmo tempo e posicionar a mão fechada na altura do queixo. Termina-se com o braço totalmente estendido, e aquele que não participar do golpe precisa ficar rente ao corpo, para proteger a região das costelas.

mov2